Qual a diferença entre financiamento e empréstimo?

Existem momentos de nossa vida que o bolso aperta ou, apenas queremos investir em algum negócio profissional ou pessoal mesmo. E acabamos recorrendo a empréstimos ou financiamentos de alguns bancos.

E antes de escolher qual recurso utilizar, é bom saber as diferenças entre os dois e decidir qual o melhor para a sua situação. No entanto, existem muitas pessoas que sequer sabem as diferenças e diversas linhas de crédito entre o empréstimo e financiamento.

E você, sabe diferenciá-los para fazer a melhor opção entre eles? Venha conferir.

Financiamento

Diferentemente do empréstimo, o financiamento não irá oferecer o dinheiro diretamente na mão do cliente. Mas, ele financia a compra de bens (imóvel ou móvel), então é mais comum que ele seja utilizado na obtenção de bens de alto custo.

As regras de aprovação são rígidas, fazendo necessário de uma justificativa para o uso do crédito em contrato. Em contrapartida, as regras das taxas de juros são menores que as taxas de empréstimo, uma vez que o bem financiado é dado como garantia de pagamento até que a dívida seja paga completamente.

Empréstimo

O empréstimo, diferentemente do financiamento, a instituição financeira dá um crédito em dinheiro e não necessita das justificativas para o uso do dinheiro. Normalmente, o cliente solicita o empréstimo para fazer uma viagem, dívidas com cheque especial, entre outros.

Para que o empréstimo seja aprovado, ele passará por uma análise de crédito que, dependendo do resultado, não precisará de garantias. O pagamento do empréstimo se dá através prazos definidos na obtenção do crédito. Os juros são muito altos, e caso ocorra inadimplência o acordo aumenta, já que a instituição é quem irá arcar com o prejuízo.

Estudando a melhor opção

Se seu caso for adquirir um bem de alto custo, como casa ou um carro, é melhor optar pelo financiamento. Já que, uma vez aprovado o crédito, a compra é feita pelo banco com juros baixos.

Entretanto, se seu desejo é pagar uma dívida antiga ou investir o dinheiro em algo com menor custo, o empréstimo é a melhor opção. Já que não necessita de justificativa e tem a aprovação de crédito facilitada.

Lembrando que, é importante analisar os objetivos e as ferramentas dispostas pelas instituições financeiras para fazer esta escolha.

Compartilhe